PASTORES E LIDERES PSICOPATAS

Pastores e lideres psicopatas

O Espírito diz claramente que nos últimos tempos alguns abandonarão a fé e seguirão espíritos enganadores e doutrinas de demônios. Tais ensinamentos vêm de homens hipócritas que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência. 1 Timóteo 4:1;2.
http://josealfinyahu.blogspot.com.br/2018/03/pastores-e-lideres-psicopatas.html
PASTORES E LIDERES PSICOPATAS
Todo pastor, apostolo, patriarca e líder sejam religiosos ou não, que tem o transtorno da personalidade antissocial, conhecida como a psicopatia, possui a mente cauterizada pelo pecado do seu orgulho em querer ser aquilo que ele não foi chamado para ser.
O comportamento do psicopata é caracterizado pelo padrão invasivo de desrespeito e violação dos direitos dos outros que se inicia na infância ou começo da adolescência e continua na idade adulta. Segundo o Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders (DSM IV), com classificação dos transtornos mentais feita pela Associação Americana de Psiquiatria, o indivíduo com o chamado transtorno da personalidade antissocial tem como características principais o engodo e a manipulação e, para receber tal diagnóstico, deve ter pelo menos 18 anos e uma história de transtorno da conduta antes dos 15 anos. Porém, em alguns casos o psicopata pode passar por toda sua vida sem ser diagnosticado com o transtorno, pelo fato de alguns terem desenvolvido um sistema de fingimento perfeito para esconder sua deficiência e para isso muitas vezes contou com ajuda de sua mãe ou alguém muito próximo.
As estatísticas dizem que aproximadamente 140.000.000 da população mundial  é formada por psicopatas e, em média, cada um de nós esbarramos em pelo menos quinze deles ao longo da vida. Porém, esses números tende aumentar quando vamos para igreja, porque em minhas observações a igreja está sendo nos últimos anos um refugio para indivíduos com esse transtorno que ver a igreja como um verdadeiro playground para por em prática suas mirabolantes ideias com intuito de manipular os irmãos que são genuinamente crédulos e submissos como ovelhas.
Quando digo playground é porque, para o psicopata, a mentira é uma ferramenta de trabalho e para os irmãos da igreja mentir é pecado, mesmo que eles mesmo a usem de vez em quando, são incapazes de conceber a ideia de alguém que vive na igreja tomando santa ceia, e viva vinte quatro horas mentindo. O pior que há aqueles que acabam de tomarem a santa ceia e no trajeto de casa não perdem a oportunidade de humilharem alguém. Esses psicopatas não entendem que não adianta nada está dentro de uma igreja tomando santa ceia e viver humilhando o seu próximo.   
Quando alguém o fraga ele desvirtua a verdade com objetivo de conseguir culpar o próximo, talvez ele não saiba e se souber não faz sentido para ele o mandamento de Jesus para a igreja, que está escrito: Então Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: Senhor, quantas vezes deverei perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes? Jesus respondeu: Eu digo a você: Não até sete, mas até setenta vezes sete. Mateus 18:21-22.
Isto porque desde criança ele foi acostumado a mentir para evitar um castigo, para conseguir uma recompensa, para enganar o outro, e muitas das vezes a mãe, ou alguém muito próximo, sabia disso e o protege sem saber que ela mesma está sendo vitima do monstro que ele será no futuro. 

É sabendo disso é que defendo que temos que entender o que é um psicopata para depois aprendemos como identificar uma pessoa com esse transtorno e nos defendemos desse lobo devorador.
Conheço uma jovem que ficou traumatizada, porque, seu pastor seduzia as adolescentes de sua igreja e entre elas conseguiu seduzir sua irmã menor de idade, como também as outras adolescentes da igreja, que não convém citar o nome. Segundo sua irmã, o pastor psicopata dava dinheiro para ela e dizia ser infeliz em seu casamento. E assim, com dinheiro e promessa de deixa sua esposa esse psicopata conseguiu seduzir várias virgens. É lamentável dizer, que ao ser denunciado para central ou a igreja sede, o pior absurdo aconteceu, porque, a sede apenas trocou o tal pastor. Significa dizer que ele com certeza continua fazendo vítimas. 
Na verdade, se esse pastor psicopata chegar ser expulso da igreja e seja fichado na polícia, com certeza ele vai abrir uma igreja e começar seu ministério e talvez seu procedimento seja pior, porque, ele se achará um verdadeiro Deus na igreja que fundar. 
Isto acontece, porque o psicopata é uma pessoa que sofre um distúrbio psíquico, uma psicopatia que afeta a sua forma de interação social, muitas vezes se comportando de forma irregular e antissocial. Em sentido mais amplo, uma psicopatia é uma doença causada por uma anomalia orgânica no cérebro. Para muitos psiquiatras a psicopatia é no sentido restrito um sinônimo de psicose, que é uma doença mental de origem neurológica ou psicológica.
Assim sendo, ele fará muitas vítimas que estiverem no seu ciclo social, isso sem remorso ou arrependimento. Mas, não se engane o psicopata pode chorar e chorar muito, se ele quiser sensibilizar as pessoas para o seu benefício próprio. 
Geralmente os psicopatas são do sexo masculino, mas também atinge as mulheres, em variados níveis, na igreja elas são geralmente as profetas ou pessoa que mantém uma forte influência sobre o pastor e sua liderança. Embora com características diferenciadas e menos específicas que a psicopatia que atinge os homens as mulheres podem fazer uma verdadeira desgraça em uma igreja.
Tive a oportunidade de identificar uma psicopata na igreja que mantinha sua influência sobre a mulher do pastor, elas são assim se não influenciar diretamente a mente do pastor ela influencia as pessoas a sua volta sejam elas do ministério ou da família. Mas, sua influência sempre estará presente e será forte na igreja, porque as pessoas a vêem como espiritualmente elevada.
Caso ela queira destruí alguém na igreja basta usar sua malícia e influência maligna que ela tem e mantém. E às vezes até o próprio pastor pode ser vítima dela, na verdade ninguém está a salvo caso ela queira destruí alguém.

Popularmente a psicopatia não é conhecida como tal, ou como alguns pensam sociopatia, neste sentido ela seria doença denominada como sinônimo do diagnóstico do transtorno de personalidade antissocial.
Os indivíduos com psicopatia mais leve normalmente não tiveram um histórico traumático, porém o transtorno; principalmente nos casos mais graves, tais como sádicos e serial killers parecem estar associado à mistura de três principais fatores: disfunções cerebrais, biológicas ou traumas neurológicos, predisposição genética e traumas na infância como abuso emocional, sexual, físico, negligência, violência, conflitos, separação dos pais...
No geral, nos homens, o transtorno tende a ser mais evidente antes dos quinze anos de idade, e nas mulheres pode passar despercebido por muito tempo, principalmente porque as mulheres costumam ser mais discretas e menos impulsivas que os homens, e geralmente o transtorno acompanha ambos os sexos por toda a vida.
Conheço um jovem que sofreu um trauma e foi violado no alta de uma igreja.
Segundo ele a sua ida para tal igreja foi porque em casa ele era incompreendido pelos seus pais e seus irmãos.
Assim, ele procurou refugio na igreja e foi bem recebido pelos irmãos e pastor.
Ela era amado e tinha atenção, algo que ele realmente procurava.
Na igreja ele conheceu outro jovem um pouco mais velho, que lhe dava atenção que tanto precisava.
Na igreja ele recebia roupas, sapatos e até um lugar para ler, orar e refletir sobre a sua vida.
Com o passar do tempo ele limpava, abria e fechava a igreja.
O seu novo amigo, que se diga de passagem, era músico da igreja que o leva para sua casa para almoçar, lanchar e até jantar. Ganhou a sua confiança.
Assim sendo, todos tinham sua confiança principalmente o amigo músico, e certa noite eles foram estudar a bíblia na igreja e por ser tarde resolveram dormir no altar da igreja.
Sei que alguns podem até pensarem que é impossível de acontecer.
Mas, aconteceu...
O jovem foi violado no altar da igreja pelo músico...
E não deu outra, o jovem se tornou gay...
Com traumas... E com alma morta...
Agora imagine, quantos jovens ou adultos estão pedidos e doentes na alma vítimas de psicopatas que se fingem de cristão, de evangélicos...
Eles precisam de nossa ajuda...
Precisam de nossas orações...
E, se caso você que esteja lendo esse assunto tenha passado por algum trauma parecido procure ajuda de imediato...
Deus te ama...
Pare de olhar para Deus através do seu problema e veja Deus como a solução...
Pare de olhar para o ser humano, se é que posso chamar de ser humano alguém que fere o seu próximo.
Procure Deus através de você olhe bem dentro de você e veja Deus.
Se Você está lendo essas linhas é prova que Deus te ama.
Ore comigo agora...
Senhor Deus, Criador do céu e da terra, poderoso é o Vosso Nome, grande é a Vossa misericórdia! Em Nome do Vosso Filho, Jesus Cristo, recorro a vós nesse momento para pedir bênçãos para a minha vida. Envia ajuda para mim agora, eu quero mudar para melhor, quero ser curado na alma. Peço-te Senhor em nome de Jesus.     PEDIDOS DE ORAÇÃO

Para saber mais sobre esse assunto leia:
Alguns cientistas acham que os psicopatas são totalmente indiferentes e insensíveis aos sentimentos alheios. No entanto, neurocientistas da Universidade de Groningen, na Holanda, alegam que não é bem assim… 
Porque, na verdade, os psicopatas conseguem escolher quando sentir empatia, como se existisse um pequeno interruptor em suas cabeças e que usam para definir o momento que desejam sentir “pena” de outras pessoas.
Assim sendo, os psicopatas são mentirosos e manipuladores, a falta de empatia dos psicopatas pode não ser facilmente percebida, visto que eles conseguem facilmente enganar as pessoas com as suas “lágrimas de crocodilo”, se assim desejarem.
Os psicopatas são egocêntricos megalomaníacos e sofrem do complexo de deus e, por isso, nunca acham que estão errados, colocando a culpa de todas as coisas nas costas dos outros.
Complexo de deus é um comportamento social cujas características são o excesso de arrogância e apatia dos indivíduos que o apresentam para com uma sociedade, círculo social ou igreja. Embora existam semelhanças, não se deve confundir com transtorno de personalidade narcisista, apesar de todo psicopata ser um narcisista e sofrerem do complexo de deus eles usam esses defeitos como qualidades a serem desenvolvida em proveito próprio.
É por isso que vamos dividir o nosso assunto que é Pastores e lideres psicopatas em postagem relacionadas com as características próprias dos psicopatas. E para começar trataremos dos apóstolos, pastores, profetas, patriarcas e lideres de igreja que são psicopatas e  têm o complexo de deus como qualidade em suas vidas.

Pastores Psicopatas com Complexo de Deus
Assim sendo, veremos as características dos pastores e lideres psicopatas com o complexo de deus. Pessoas com esse transtorno possui certas características que são comuns aos lideres psicopatas associados a essa condição:
Arrogância, apatia, soberba, comportamento hipócrita e egoísta. Normalmente as pessoas com esse tipo de transtorno, não se mostram receptivos a críticas e nem aceitam que estão erradas.
Em minhas observações pude comprovar que as pessoas que exercem ou possui um cargo de liderança ou autoridade na igreja principalmente pastores, missionários ou fundadores de ministério tem certa tendência a desenvolver esse o complexo de deus devido a sua baixo-alto estima somado a humilhação sofrida na infância, adolescência e muitas das vezes na igreja. Mas, não é uma regra porque pude também observar que certas pessoas que viveram em lares com certo equilíbrio são acometidas com esse desequilíbrio emocional ou transtorno. Como já escreveu Maquiavel: Dê o poder ao homem, e descobrirá quem ele realmente é. Abraham Lincoln sabia disso quando disse: Se quiser pôr a prova o caráter de um homem, dê-lhe poder.
Pessoas em certas profissões são muitas vezes propensas de ter complexos de deus. Entre os mais comuns são os médicos, advogados, juízes, policiais, cirurgiões, políticos, gestores e líderes religiosos. Muitas dessas profissões exigem uma grande quantidade de conhecimento ou habilidade e envolve ter influência ou autoridade sobre outras pessoas, principalmente autoridades religiosas.
Estudos comprovam que algumas profissões desempenham papel fundamental na formação da personalidade com o complexo de deus, cuja primeira é a medicina e a segunda a vocação pastoral, embora para muitos, esta é apenas uma visão destorcida da profissão e vocação religiosa com suas áreas.

Entretanto, Não é difícil encontrarmos na Igreja pessoas com claros sintomas que podem ser diagnosticados como complexo de deus. Há determinadas pessoas que chegam a se convencer de que são mesmo melhores e superiores aos outros, irmãos de fé principalmente se exercerem liderança na igreja ou aqueles que pensam tem algum dom espiritual que se julgam superiores. Mas, na verdade esses são portadores de um distúrbio de autoavaliação ou o complexo de deus. Esses começam a pensarem que são profetas levantados por Deus e querem a todo custo ser melhor em tudo. Assim sendo, não admitem estarem errados, porque, pensam está cheios do Espírito Santo de Deus. Assim sendo, sua soberba aumenta e eles não admitem alguém superior a eles e assim se autointitulam Apóstolos, Patriarcas, Profetas e por fim eles pensam: somos Deus. E para justificar seus pensamentos se escondem atrás dos versos bíblicos que diz: Vós sois deuses... Salmo 82:6 e João 10:34.
Pelas minhas observações, considero provável que esta doutrina da "divindade humana" defendida por vários pastores que afirmam: em Cristo "somos deuses". Seja criação de um pastor com complexo de deus. Digo isto baseado na priori de que ninguém em sua sã consciência poderia querer para si a Glória que só pertence a Deus. Como está escrito: Eu Sou Yahweh, o SENHOR; este é o meu Nome! Não dividirei a minha glória a nenhum outro ser, tampouco entregarei o meu louvor às imagens esculpidas. Isaías 42:8. O que esse texto deixa bem claro é que a Divindade é exclusiva de Deus, assim sendo, destrói a ideia antropocêntrica da pessoa querer se enxergar como sendo deus. E também, todo ensino que costuma ser usado pelos pregadores triunfalistas, que abraçaram os falsos ensinamentos do movimento da Confissão Positiva e da Teologia da Prosperidade.
Os ensinos heréticos dos teólogos da prosperidade é que hoje já somos deuses: “Você é tanto uma encarnação de Deus quanto Jesus Cristo o foi. Cada homem que nasceu de Deus é uma encarnação e o Cristianismo é um milagre. O crente é uma encarnação tanto quanto o foi Jesus de Nazaré”. Kenneth Hagin, Word of Faith, dezembro de 1980, p. 14.
E, essa heresia é como uma luva para todo pastor que sofre com o complexo deus em sua vida.
Eles pensam e dizem: Cachorros geram cachorros, gatos geram gatos e Deus gera deuses. E com orgulho e soberba estes lideres e pastores psicopatas afirmam: Você não tem um deus dentro de você. Você é um deus.

Na verdade esses líderes de igreja que sofrem com o complexo de deus, no mais profundo de si mesmos sentem-se incapazes de fazer algo mais na obra do Senhor. Por mais que eles façam sempre haverá um vazio dentro deles. Porque, não se veem como competentes, começam a culpar e humilhar os outros na tentativa de aliviar seu sofrimento no profundo de sua alma.
Isto acontece porque o indivíduo que sofre de complexo de deus, na verdade, sofre com complexo de inferioridade e tende a apresentar-se pessimista diante da vida e da igreja sem que os outros notem sua negatividade. Sendo eles ocultamente pessimista tem sempre uma visão embaçada dos acontecimentos cotidianos como se vivesse constantemente em dias nublados, por isso são ásperos com os seus liderados. Esses pastores e lideres de igrejas pensam que podem tudo e para apoia o seu erro eles se apoiam e buscam refúgio na interpretação do subjetivismo, que é um sistema filosófico que não admite outra realidade se não a realidade do ser pensante e da sua própria interpretação bíblica; as interpretações bíblicas diferente da sua são uma heresia. Isto acontece, porque, para o líder religioso que tem o complexo de deus, só ele sabe tudo de bíblia os outros têm que aprender com ele, porque, ninguém sabem de nada, só ele.
Em minhas observações esses lideres, apóstolos e pastores... sempre estão recitando certos versículos bíblicos como mantra que nós descrevemos alguns aqui, que são eles:
Pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio. 2 Timóteo 1:7.
O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês, de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus. Filipenses 4:19.
O Senhor é a minha luz e a minha salvação; de quem terei temor? O Senhor é o meu forte refúgio; de quem terei medo? Salmos 27:1.
Entre outros, porém, a interpretação é sempre subjetiva, alguns deles não entender nada de hebraico, grego, hermenêutica e exegese.

As pessoas que sofrem do complexo de deus têm uma noção tão tênue da realidade que se entregam a fantasias de onipotência, onisciência, dons espirituais, santidade e superintimidade com Deus, e esse Deus, na sua viagem psicótica ou neura; são eles mesmos. Possuídas de grande senso de autoimportância, elas agem de maneira pomposa, arrogante e desdenhosa para esconder sua baixa autoestima.
Eles têm a mania de dizer que falam por Deus e que ouvem a voz de Deus, isso para impor suas humilhações e requerer dos seus liderados um respeito que nem eles têm por si mesmos. Sim! Porque, se tivesse não julgaria ninguém, apenas oraria e teria piedade.
Os pastores, lideres eclesiásticos ou profissionais que exercem cargos de liderança e que tem o complexo de deus, transmitem antes de tudo um sinal de que são Indivíduo que não consegue conviver harmoniosamente com sua própria personalidade. Como já relatamos a pessoa que sofre com esse tipo de problema tem forte sentimento de insegurança, medo de rejeição, além de apresentar uma autoestima bem reduzida. Porém, Como são hipócritas jamais irão demonstrar suas fraquezas para quem quer que seja.
Porque, querem estar sempre sob os holofotes, exageram suas conquistas e talentos, convencendo a si mesmas com suas fantasias de sucesso, e neura de uma espiritualidade elevada, que possui grande intimidade com Deus, na verdade seus delírios e tanto que ficam pensando serem Deus.
Assim sendo, estes lideres precisam de um constante suprimento de combustível narcisista, esses indivíduos necessitam de admiração, atenção, afirmação sustentável e obediência de seus liderados, eles inventam profecias, visões e novas heresias para cativar o povo e aumentar os números de dizimistas e mantenedores de sua vida medíocre.
Os pastores e lideres psicopatas são pessoas que não respondem muito bem às necessidades dos outros. Como lhes falta empatia, elas parecem incapazes ou não dispostas a se identificar, reconhecer ou aceitar os sentimentos, necessidades, preferências, prioridades e escolhas das pessoas com quem interagem. Ao contrário, não têm vergonha de ver os outros apenas como pessoas que estão ali apenas para servi-las. Quando alguém deseja compartilhar uma ideia ele sempre responde: minha mente está formatar, está tudo aqui certinho, me conte o problema que te dou a solução. Afinal, pensa ele; eu sou Deus!
Na verdade esses lideres eclesiástico são interpessoalmente exploradoras, ou seja, têm a habilidade de usar os outros para seus próprios fins. Esperam favores especiais sem nunca pensar em reciprocidade. Se tiver será com segunda intenção, sempre de tira vantagens para si mesmos.
São capazes de tomar o ultimo centavo das pessoas para seu próprio beneficio, alegando fazerem a obra de Deus.
Um forte sentimento de direito é outra característica das pessoas impulsionadas pelo complexo de deus. Elas acreditam que o mundo lhes deve, e muito, que merecem o que querem e quando querem. Para elas Deus determinou que sua pessoa estivesse sempre por cima, no controle de tudo e nunca por cauda.
Quem tem complexo de deus acredita ter todas as respostas e que seria ultrajante ouvir qualquer pergunta, uma vez que é bom demais para se explicar. Ele não tem opinião, tem certezas, não pede, ordena. Porque essa é a vontade de Deus para suas vidas.
No seu delírio do complexo de deus basta elas dizerem haja luz, faça se isto ou aquilo e se alguém quiser sugerir algo; elas dizem minha mente estar formatada em Deus, tenho tudo aqui revelado em minha mente. Em sua arrogância e autoritarismo esses lideres dizem: Vocês só precisam realizar o que me foi revelado.
Quem tem complexo de deus acha que está acima de qualquer lei, acima de qualquer sentimento e dentro dos pensamentos alheios. O sujeito com complexo de deus acredita ser aquilo em que todos estão a pensar, se a terra gira em torno do sol, os humanos tem de girar em torno dele. A igreja tem que fazer a sua vontade e dança conforme a musica que seus lideres tocam. Para se ter uma ideia o líder com complexo de deus conta vantagem, faz cortesia com o chapéu alheio, está sempre à procura de humilhar alguém para se sobressair.
O pastor ou líder de igreja com o transtorno conhecido como o complexo de deus não vem apenas com arrogância, mas, também com desprezo por qualquer ideia alheia que não possa ser roubada em sigilo, sem parecer oportunismo. O pacote completo inclui uma incapacidade extraordinária para ouvir e debater, e mesmo que o sujeito não admita; na verdade é bem certo que ele negue, esse líder sempre terá uma incapacidade como cegueira ou surdez, praticamente falta-lhe um sentido para não dizer todos.
Eles querem o povo longe do mundo, mas, trazem o mundo para dentro das igrejas com suas imposições absurdas para levantar dinheiro e manter sua vida nababesca. Parece até uma ironia, mas, eles são capazes até de fazer pacto com o diabo para levantar dinheiro e notoriedade. Podemos provar isso falando do tempo da política em que estes líderes e pastores psicopatas impõem o voto de cabresto quando apresenta a igreja o seu candidato político. Ainda tem até jargão "irmão vota em irmão".
Tenho certeza que se sua mente não estiver cauterizada, no fundo ele odeia-se a si mesmo e aos outros por tabela, como se soubesse o quanto desagradável é a sua presença e quisesse poupar-nos a todos de suas imposições absurdas, mas no fundo de si mesmo ele é triste e inseguro porque sabe que um dia irá prestar contas com o criador.
Sua arrogância é uma máscara que ele usa para poder esconder sua baixa autoestima. Assim, finge ser o todo-poderoso e caminha altivo por aí, procurando pessoas de qualquer espécie para impor o seu desejo, falar de si mesmo e, é claro, infernizar a vida de qualquer outra pessoa com suas teorias e heresias diabólicas.
O equilíbrio mental das pessoas com complexo de deus é delicado. A tendência delas é ser extremamente invejosas em relação aos outros. Com essa mentalidade, se acham injustiçadas e ficam paranoicas quando não conseguem o que querem. Quando frustradas, contestadas ou confrontadas por pessoas que consideram inferiores, às vezes, explodem de raiva ou engole sua fúria para descontar em pessoas que eles acham que são inferiores. Elas podem até mesmo recorrer a um comportamento antiético, dada sua atitude de que as regras foram feitas apenas para os outros.
Quando alguém diz ter o complexo de deus, normalmente significa que ele ou ela é extremamente arrogante, pode considerar a si mesmo infalível e pode tentar controlar ou manipular outras pessoas. Uma pessoa com complexo de deus sugere que a pessoa se comporte como se ele ou ela seja um deus. O termo pode ser usado coloquialmente para se referir a pessoas que se comportam como superiores e demonstram pouca empatia e compaixão pelos outros. 
Complexo de deus é um comportamento social cujas características são o excesso de arrogância e apatia dos indivíduos que apresentam para com uma sociedade, círculo social ou igreja. Estas características incluem prática de bullying com colegas e até amigos ou manipular os outros, ser crítico e acreditando que ele ou ela nunca está errado.
Alguém com complexo de deus também podem ser propenso a se irritar quando as coisas não vão sua maneira. Pode ser pobre em comunicação interpessoal e pode não ser receptivo a críticas. Ele ou ela pode também tentar exercer uma grande influência em vários assuntos e saboreia ter poder, autoridade e controle. Muitas pessoas apresentam algumas dessas características em determinadas situações, mesmo que não tenham este problema.
Apesar das maneiras que as pessoas que tem complexo de deus se comportam, eles realmente têm uma autoestima muito frágil e delicada, formam sua autoestima a partir da aprovação e atenção dos outros. Esta sensibilidade pode ser o que os levam a comportar-se insensivelmente, pois quando se sentem ameaçados ou marginalizados, podem atacar de forma dissimulada para destruir a seu oponente ou indivíduo que o faça se sentir a ameaçado. A pouco tempo me deparei com uma pessoa que sofre desse transtorno e ela é da igreja e exerce grande influência sobre o pastor e a igreja. Quando ela me viu na igreja se sentiu ameaçada e por trás da minha pessoa começou a destilar seu veneno para uma outra pessoa, o que ela não sabia era que minha esposa fosse ouviu seu comentário venenoso. A única coisa que fiz foi apresentar sua pessoa em oração. Irmãos não se engane há muitas pessoas psicopatas na igreja, fora as que têm transtornos psicológicos dos mais variados. Assim sendo, todo cuidado é pouco, porque, na igreja têm o Joio e o Trigo e temos que conviver com eles, aprender com eles e evoluir espiritualmente com eles. 
Também pode ser difícil para as pessoas reconhecerem que tem complexos de deus, e eles podem interpretar sugestões de mudanças de comportamento como críticas severas.
As pessoas que são acometidas deste transtorno quando recebem um cargo de autoridade na sociedade ou principalmente na igreja são obcecados pelo controle, viciados no zumbido do poder sobre outros seres humanos.

Pastores psicopatas ceifando almas para o inferno
Quando a fé se deixa manipular, pessoas viram presas fáceis de toda sorte de abuso. A confiança autêntica e sincera em Deus é gradualmente substituída pela submissão acrítica aos desmandos de lideranças despreparadas e lideres que são verdadeiros psicopatas.
Muitas pessoas são carentes de acolhimento e por isso habilmente capturados pela manipulação emocional de pastores e líderes que sofrem dos mais variados distúrbios mentais que estão de plantão para engana e destruir vidas como verdadeiros lobos devoradores. A probabilidades de acontecer o pior é grande devido credulidade das pessoas ao saberem que tal pessoa é pastor. Porém, como dizia minha mãe: quem ver cara, não ver coração; e bíblia reforça esse pensamento quando diz: Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas. Jeremias 17:9. Significa que todos podem se enganar quando estão envolvidas emocionalmente com outra pessoa. 
Principalmente no trato de religião que ambos seguem de braços dados experimentando uma religiosidade que as vezes é fútil e meritória, que se barganha a todo o momento com Deus. Neste envolvimento emocional é fácil se enganar deixando se levar por inescrupulosos pastores psicopatas.  
Isto acontece porque a religiosidade descaracterizada da adoração sincera, mais cedo ou mais tarde o castelo de cartas desmorona deixando feridas abertas pelo caminho, por falta de discernimento espiritual dos que se dizem adoradores de Deus. 
É esta relação doentia de certas igreja evangélica no brasil, que são muitas das vezes liderada por pastores e lideres psicopatas que usam a boa fé das pessoas que se tornam vitimas dos psicopatas que pelo próprio poder manipulam e escravizam aqueles pelos quais Cristo morreu na cruz.
Assim sendo, muitos estão vivendo com feridas na alma com seus sentimentos em frangalhos e isso se, só sofreu uma agressão verbal ou maus-tratos psicológicos. Porque, algumas sofreram de atentado pessoal, outros de abuso sexual e outros de morte. Não fique pasmo não! Porque, nos dias de hoje muitos lobos devoradores de almas e de vidas se chamam a si mesmo de apóstolos, pastores, profetas, e patriarcas de igrejas, e na verdade são verdadeiro vampiros emocionais que vivem para drenar as emoções dos outros.

Deixamos abaixo algumas reportagens e links para todos comprovarem os fatos por si mesmo.

Pastor Evangélico estupra e toca fogo em menina de 10 anos
http://retironoticias.com.br
a Garotinha de 10 anos que se chamava Márcia Andréia do Prado Constantino foi pega dentro de uma das Igrejas, por um membro que já havia sido pastor, que foi afastado por suspeita de abuso. Nada confirmado. O mesmo conhecia a família e até tinha um convívio com os pais.
O acontecido não foi planejado. Deu vontade, ele falou com a garota que lhe daria um pedaço de bolo, ela entrou no seu carro e foi levada por ele até a sua casa onde lá ele abusou e a matou com uma sacola na cabeça asfixiada. Não satisfeito levou para um matagal com ela já morta, abusou mais um pouco sobre o capu do carro e depois jogou álcool sobre seu corpo e colocou fogo.
O pastor psicopata ainda foi ao velório da menina para consolar os pais. Só foi identificado pelos exames colhidos nos órgãos genitais da criança.
Natanael Búfalo é o nome do pastor psicopata. Ele tem 3 filhos: um menino e duas meninas com idade inferior a 12 anos. Perguntado a ele se alguém fizesse com uma das suas filhas o que ele fez com essa menina das fotos, ele disse: “Eu mataria”.

Pastor estupra ânus de bebê e pai resolve tudo com tiros em culto no RJ
http://br.blastingnews.com
A Polícia Civil informou que o pastor é suspeito de ter abusado sexualmente do seu sobrinho, de 2 anos.
O pastor psicopata, que vamos preservar o nome, é acusado de ter estuprado o ânus do menino.
Uma lesão no reto chegou a ser constatada da criança. O crime de estupro já era investigado pela polícia, mas o pastor psicopata continuava a realizar os seus cultos evangélicos.
O pai do menor diz que quem matou o pastor teriam sido traficantes da região, que ficaram revoltados quando souberam o que o religioso fez com o seu menino.

Pastor usa desculpa de 'maldição' para estuprar menina de 12 anos
http://brasil.estadao.com.br
Homem teria dito à criança que ela precisaria se relacionar com 'um homem de Deus, que fosse casado, no mínimo sete vezes' para quebrar feitiço.
De acordo com as investigações, o pastor psicopata convenceu a adolescente de que ela estava enfeitiçada e que, para quebrar a maldição, precisaria se relacionar com "um homem de Deus, que fosse casado, no mínimo sete vezes". Ele ainda advertiu que a quebra do feitiço era um segredo e que se contasse para alguém a maldição ficaria mais forte e ela morreria.

Pastor estupra e obriga enteada ver filmes pornográficos
www.portalpadom.com.br
Segundo o portal de notícias Correio da Manhã de Portugal, um pastor psicopata foi preso no último dia 17 pela polícia de Lisboa, durante um culto em que realizava.
O religioso é acusado de ter estuprado durante seis anos sua enteada, além de responder judicialmente por crimes por violência doméstica por ter ameaçado e maltratado fisicamente sua ex-esposa a mãe da menina.
De acordo com a publicação, além de abusar sexualmente da menina, o homem forçava a vítima a assistir filmes pornográficos com ele. Os crimes teriam ocorrido entre setembro de 2008 a maio de 2015, período em que o pastor, viveu com a mãe da vítima.

Pastor é preso durante culto por estupra adolescente e 'pagar' pelo silêncio
http://www.folhadedourados.com.br
Um pastor psicopata de igreja evangélica de 58 anos foi preso neste domingo (12), na cidade de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, por estupros que aconteciam desde que a vítima, uma menina, tinha 13 anos de idade.
A família da adolescente procurou a delegacia para denunciar o pastor, que segundo informações oferecia dinheiro e alguns bens, que não foram especificados, para que ela não contasse a ninguém sobre o que acontecia. Os abusos contra a menina começaram em dezembro de 2016, sendo descobertos dois meses depois.
Ainda de acordo com o site Minuto MS, o pastor psicopata acabou preso pela Polícia Militar durante o culto no templo onde fazia as pregações. A menina foi levada para o IML (Instituto de Medicina Legal) para passar por exames de corpo de delito.

Pastor estupra criança de 5 anos em Montes Claros
http://portaldotere.com
A partir de desenhos de uma garotinha de 5 anos ajudaram os pais da vítima identificar o segundo pastor psicopata da igreja evangélica que a família frequentava como o principal suspeito de ter estuprado a menina. Após realizar os primeiros levantamentos do caso o homem foi preso na cidade de Montes Claros, no norte de Minas, onde o crime ocorreu.
A prisão do pastor psicopata foi pedida pela Polícia Civil, uma vez que o suspeito, de 54 anos, não era encontrado para prestar esclarecimentos. Ele foi detido e encaminhado para o Presídio Alvorada, em Montes Claros. O caso começou a ser investigado em setembro, a criança fazia aulas de inglês com o segundo pastor.
Antes da prisão, o suspeito confessou o crime. Mas na Delegacia de Polícia Civil ele negou ser o autor do estupro. “Ele confessou tudo que fez com a criança ao primeiro pastor e ao pai da menina. Porém, na delegacia ele nega tudo”, contou Karine.

Pastor estupra deficiente de 20 anos com idade mental de 7. O pai “ofereceu” a garota
http://www.naynneto.com.br
David Scott Lemley, 43 anos, é pastor da igreja Baton Rouge’s New Harmony Baptist Church. Ele foi preso acusado de estuprar uma mulher de 20 anos, mas com capacidade mental de uma garota de 7. Segundo relatos, ele conspirou com o pai da vítima para ter relações sexuais com ela.
O acusado disse que está sendo vítima de mentiras através de histórias inventadas por pessoas que o odeiam. Sua esposa, Kim Lemley, veio a público e declarou à imprensa que as acuações são falsas.

Pastor é apontado pela polícia como autor de vários estupros em Taguatinga
http://www.correiobraziliense.com.br
O religioso é acusado de cometer cinco abusos na cidade em 2014. Segundo a polícia, testes de DNA confirmam a culpa dele em três crimes.
O suspeito se disse inocente. Afirmou não se lembrar se estava em Brasília à época dos crimes e que "o tempo vai mostrar a verdade".

O psicopata e o sistema jurídico-penal
O psicopata de forma generalizada é uma pessoa extremamente fria, no entanto, apesar de alheio ao sofrimento da vítima e as suas consequências pelos atos praticados, esse predador social possui consciência das suas ilicitudes, porém a satisfação, o prazer, e a sensação de realização que isso lhe trás, é maior do que a punição imposta, o que lhe faz agir de forma segura e indiferente, certo da impunidade.
Entretanto, para se avaliar a responsabilidade de um delito cometido por um psicopata são estabelecidas, três regras criminais:
1. O psicopata não pode ser declarado insano a priori, antes de passar por um perito. A regra geral é que um imputado está ciente de seus atos, até que se demonstre o contrário. Baseando-se estritamente nos conhecimentos legais e psicopatológicos do certo e errado, os psicopatas são responsáveis e têm noção da natureza de seus atos, já que conhecem perfeitamente as normas, como todos os demais. Uma prova dessa noção é o fato de não agirem quando percebem que é maior a possibilidade de serem descobertos. "Em contrapartida, se nos referimos ao estritamente moral, a questão é mais ambígua, porque falta ao psicopata apego emocional e sentimento de culpa, como se faltasse ao cão o faro".
2. Impulso irresistível. Essa regra afirma que o sujeito pode, apesar de conhecer a diferença entre o bem e o mal, ter um impulso irresistível de cometer o ato. Tal opinião não é compartilhada por todos, já que alguns encontram ambiguidade na característica irresistível do impulso. Impulso implica espontaneidade e em alguns casos, o psicopata prepara cuidadosamente seu crime durante muito tempo antes de cometê-lo.
3. A terceira regra propõe que o sujeito não é responsável criminalmente se sua ação delituosa é produto de sua doença. De acordo com tal entendimento, uma pessoa não é responsável por uma conduta criminosa, se, no momento do delito, está com sua capacidade mental comprometida.
Existem, portanto, em tese, três possibilidades que a lei oferece aos tribunais de vários países para delitos cometidos por psicopatas: responsabilidade total; responsabilidade atenuada; e isenção de responsabilidade. Nessa última opção, o psicopata é considerado doente mental, com anomalia estrutural da personalidade, devendo ser encaminhado a um hospital psiquiátrico ou ao chamado manicômio judicial.
Tem que haver uma legislação específica que seja aplicada ao psicopata
Esse é um desafio patente na sociedade moderna. Ainda que o art.5º da Carta Magna preceitue o princípio da Isonomia:
 “Todos são iguais perante, a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, a liberdade, a igualdade, a segurança e a propriedade.”
Existe a clara necessidade de se tratar de forma desigual pessoas psicopatas, e não confundi-las, pejorativamente, com “doentes mentais” e isso ocorre de forma sistêmica e irresponsável em nosso sistema punitivo, lançando nas celas psicopatas, que são portadores de uma séria patologia classificada por órgãos e profissionais competentes, junto com presos comuns, pessoas que apesar de todo male causado, ainda podem, se desejarem ser recuperados, já o psicopata não, ele tem que ficar separado, neutralizar suas ações e influência é fundamental para que sua mente criminosa não se propague. Para que não aconteça, o que temos presenciado nos presídios brasileiros onde os psicopatas tem levantado escolas e se tem firmados como lideres e conselheiros de facções que tocam um verdadeiro terrorismo na sociedade através de seus soldados e zumbis humanos, que são manipulados pelo medo e a necessidade de manter a salvo sua família e sua vida no presidio onde o psicopata dita as suas regras.  

Nosso desejo é continuar esse assunto, mas, irá depender dos comentários e compartilhamentos deste post. Caso queira ler a continuação divulgue nas redes social e siga nos blog. Para que posteriormente venhamos publicar o restante deste assunto.


CONTINUA...

SHALOM ADONAY

José Alfinyahu, Teólogo, Parapsicólogo, Psicanalista, Professor, Th.M em bíblia e Th.D em Teologia Sistematica.

Declaração de Direitos Autorais
O conteúdo em nosso site é produzido por Instituto Bíblico Cristão, e pertence por direito ao autor, publicador e/IBC.org. Se você gostou desse artigo, encorajamos você a distribuí-lo, desde que concorde com a política de copyright de IBC.org. e inclua essa nota.

LEIA TAMBÉM

A CURA DAS DOENÇAS

PASTORES E LIDERES PSICOPATAS

O PSICOPATA NA IGREJA CRIANDO PSICOPATAS ESPIRITUAIS


FORMANDO CIDADÃO PARA UMA SOCIEDADE MELHOR
Com o fim de Habilitar ao Senhor um povo Entendido. Lucas 1:17.



CURSO BÁSICO EM TEOLOGIA A DISTÂNCIA
BÁSICO EM TEOLOGIA 



ESTUDE TEOLOGIA 
SEJA BACHAREL EM TEOLOGIA

SEJA BACHAREL EM TEOLOGIA
SEJA BACHAREL EM TEOLOGIA




DOAÇÃO VIA INTERNET
Caso queira fazer doação de qualquer valor para nos ajudar, via internet, utilizando cartões de crédito, débito o boleto bancário, clique no botão de “doação” abaixo. Utilizamos os serviços do PagSeguro Uol. É rápido e seguro.

AO DOAR GANHE UM BRINDE


         OBRIGADO por Ajudar nosso TRABALHO Social. SUA DOAÇÃO ajudará MUITAS PESSOAS SEREM Alcançadas e SOCORRIDAS. Ao DOAR qualquer valor VOCÊ GANHA TOTALMENTE GRÁTIS à ENCICLOPÉDIA DE BÍBLIA, TEOLOGIA E FILOSOFIA: 
6 VOLUMES de Russell Norman Champlin. Em mídia digital
Que enviaremos para seu E-mail assim que com firmamos sua doação.


PARTICIPE e GANHE!

PARA CONTRIBUIR COM QUALQUER VALOR CLIQUE EM DOAR
AQUI EM BAIXO





OBRIGADO PELA SUA DOAÇÃO 

 QUE O ETERNO TE ABENÇOE!

 SHALOM ADONAY



Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMO TER A PROSPERIDADE

COMO TER A PROSPERIDADE COMO TER A PROSPERIDADE  O DOM DE ADQUIRIR RIQUEZAS " Se quisermos alcançar resultados nunca antes a...